Pois eu não disse?
Que naquela visita tinha ciença?
Eu sabia!
Esse pingo de gente não dá ponto sem nó.
Até cego enxerga, menos a benzida da dona Patolina.
Se eu não conhecesse direito a dona Patolina diria que bebeu chá de cueca!
Ah bicha besta!
O que será que aquela sem futuro está tramando nos ouvidos da dona Patolina?
E na pontinha do pé encostei o ouvido na porta, juro por tudo que é mais sagrado que se ouvido e olho tivessem pé estariam lá embaixo da mesa.

Preciso contratar de novo o gato cangaceiro.

Porque nesses anos todos dona Patolina correu mais do que cobra cega, trabalhou mais que jumento de carga e está reboculosa, roupas das boutique, perfume francês, que de longe se sente o cheiro, movida a pão de ló, carro do ano, cabelo, pele e unha direto nas esteticas.

Essa aí vai dobrar o olho em cima da dona Patolina que se era besta agora está pior ainda.
E de ouvido grudado na porta ouvi com esses ouvidos que a terra há de comer:
Tu quer ganhar quanto? disse a dona Patolina
Meu pensamento mais rápido que a luz saiu fora da minha cabeça:
O quê?

Vai vir de novo pra cá?
Valei-nos Senhor São Bento! Protetor dos mordidos de cobra!
R$ 3000,00 tá bom? disse a sonça engasgada! o tamborete de forró diplomado!


Amarelei.

As pernas ficou parecendo vara verde e pensei:
Quer ver eu desmaiar!
Mas, me segurei com toda força da minha fé e pedi pro Padin Ciso, um sustento, pra não cair ali naquela hora pois aquela pata movida na manteiga precisava de mim.
Mulé!

É muito dinheiro! disse a dona Patolina, chique, mas besta que só uma vaca de bezerro novo!

Aqui ninguem ganha isso!
E do outro lado da porta, até deu pra ouvir o barulho da goela da dona Patolina tentando engolir o cuspe.

De que jeito sem ter? A boca secou. Ficou seca, seca coitada!


E nesse tresloucamento de meio segundo vi  a visão e direitinho a dona Patolina com a trouxa na cabeça, rumo pra morar no olho da rua se pagasse um salário desses!
Então mulé!

Tu me paga 1000,00 registrado na carteira e 1000,00 por fora tá bom assim?
Não sei dizer o que conversaram mais porque tive que correr pro banheiro com dor de barriga e apois não é que a dona Patolina tambem?


Por fim, depois do alivio, sai a dona Patolina com a resposta!
Vou fazer isso porque tu é minha amiga, mas não é correto, tu pode vir.
Mas, espie só!
Passei uma semana com os miolo mole!

Quer dizer: meia doida, falando sozinha!